• image
Previous Next

Apresentação

O VIII Simpósio de Filosofia da UEM ocorrerá entre os dias 24 e 27 de Setembro de 2013, no Auditório do Bloco H-35. A programação completa do Simpósio, bem como o Caderno de Resumos das comunicações, estão disponíveis na página do evento.
O VIII Simpósio propõe-se a abordar o tema do conflito entre liberdade e determinismo. Trata-se de um lugar comum, uma questão clássica, a qual é preciso revisitar, mesmo para ver se há sentido, ainda hoje no século XXI, tratar das coisas nos termos dessa questão. É algo que está na tópica da filosofia e que os nela interessados deveriam examinar. O evento, nesse sentido, visa proporcionar a alunos de graduação, pós-graduação, professores e interessados uma ocasião especial para aprofundar seus conhecimentos sobre esse tópico tão importante da filosofia.

O tema do determinismo é fundamental para entender as ciências da natureza, é derivado do princípio de que todas as coisas ocorrem em virtude de causas que as explicam, nada acontece por si. Esse, que é também chamado princípio de razão, amarra todas as coisas numa cadeia de eventos determináveis e explicáveis.

O tema da liberdade, entretanto, é problemático. O fato ao qual se refere a liberdade é algo que causa embaraços à tentativa de produzir explicações suficientes dele. É ao mesmo tempo intrigante e assustador verificar que a liberdade não é cientificamente comprovável. Torna-se manifesto o divórcio entre ciência e filosofia acerca desse tema, uma vez que essa última não se detém diante das dificuldades impostas pela primeira, e procede seus raciocínios, por meio de postulados e hipóteses, a fim de examinar e conceber o mundo da liberdade. Do ponto de vista da filosofia, a idéia de liberdade é fundamental para se cogitar a possibilidade da ética; é, igualmente, um pressuposto quando se pensa no mundo do direito.

O modo como se vê a liberdade está diretamente associado às possíveis distinções entre o mundo natural e o humano. E a justificação dessa diferença de mundos passa muitas vezes pela justificação da diferença entre homens e animais. Por conseguinte, trata-se de um tema que está na fronteira entre diversas áreas do conhecimento: não só ética e física, mas também direito, psicologia, neurociência, lógica, epistemologia, antropologia, biologia e teologia. Pesquisadores com diversos enfoques sobre o tema podem, então, por ocasião do evento, apresentar suas pesquisas e discuti-las com interlocutores versados, de modo a lançar novas luzes sobre a liberdade e o determinismo nas suas relações de oposição e/ou complementação. O objetivo principal do evento é, portanto, proporcionar essa ocasião para divulgação e discussão dos trabalhos de pesquisadores especializados sobre os temas da liberdade e do determinismo, clássicos na filosofia, com a expectativa de que haja divulgação, ampliação e avanço dos conhecimentos.


 
Joomla templates by a4joomla